Ainda não tive a oportunidade de contemplar a Dança do Sakura no Japão, acredito que deve ser um momento de leveza ao observar cada flor.

Além da delicada flor que parece um papel de seda, os tons de pantone presente em cada região do Japão devem ser a harmonia da escala cromática do branco ao magenta.

Durante o dia a flor de sakura demonstra sua delicadeza e dança como uma linda bailarina e quando a melodia da natureza sopra por um instante essa bailarina solta o seu primeiro véu de pétala que cai sobre o rio. E quando o sol se põe durante a noite a flor de sakura cria seu novo ritual da escuridão a dança se torna um mistério… quem consegue contemplar a flor de sakura?

Na impermanência de cada estação, cada um contempla com o seu olhar.