2016 nesse comecinho de ano já terminamos um mês!!! Ou seja agora restam  11 meses para concretizar os novos sonhos.

Em janeiro estive no Paraná em Foz do Iguaçu e toda vez quando estou dentro do avião não abro mão de 02 coisas: uma é sentar no lado da janela e a segunda tirar muitas fotos para contemplar a paisagem visto de cima, porque é incrível a oportunidade de ver e alimentar o repertório visual. Uma vez o estilista Ronaldo Fraga num depoimento disse o seguinte: “O designer de sapatos quando projeta deve olhar os sapatos como se estivesse dentro de um avião, observando os seus pés de cima para baixo”. E eu acredito que é isso mesmo, buscar inspiração, mudar a forma de observar.

Por isso recomendo para aquelas pessoas que amam viajar, sentem na poltrona próximo a janela e vislumbrem as novas paisagens, cada viagem é totalmente diferente, nuca se repete!!!

E o contraste também é muito grande quando comparamos a cidade de Foz do Iguaçu e São Paulo é o YIN e o YANG… e se não bastasse isso dessa vez pude perceber que na cidade de São Paulo estamos num ritmo totalmente insano, pessoas sem paciência, sem educação, motoristas que dirigem como se fossem donos da rua, buzinam achando que é possível resolver algo…, totalmente desconectado!!! ao contrário em Foz do Iguaçu o tic-tac do relógio funciona com o processador LENTIUM, as pessoas que caminham pelas ruas observam, olham e conversam. E dirigir…nem se compara quem está acostumado com o ritmo insano de São Paulo em Foz do Iguaçu é capaz de ficar estressado porque a velocidade é controlada e o farol é diferente, possibilita ao motorista calcular o tempo sem pressa.

Bom já descrevi um pouco da cidade mas vamos retomar ao foco do título sobre A força da Natureza, quando estava sobrevoando Foz do Iguaçu pude ver o Vertedouro de Itaipu a cor da água em tom terroso e com uma força incrível.

Se você quer conhecer um pouco mais, segue o site:

Vertedouro de Itaipu

Deu tempo para dar dois clicks do Vertedouro, é impressionante!!!

ecovertedouro ecovertedouro1

Mas à questão não é somente a força da Natureza do Vertedouro de Itaipu, mas também da Força da Natureza do Furoshiki que estará presente nessa nova jornada. A inspiração que vem da natureza me fez compreender que o Furoshiki tem uma alma muito especial! Portanto esse ano de 2016 será o ano para brindar com o Furoshiki! Após a conclusão do Mestrado já se passaram 16 anos de Furoshiki e após a Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa 8 anos.

Paixão + Experiência = Furoshiki  essa equação aos poucos para quem estiver acompanhando a jornada do Furoshiki saberá via:

Blog:  www.furoshiki.com.br

Fanpage Ecofuroshiki Brasil: https://www.facebook.com/ecofuroshiki/?fref=ts

Instagram: https://www.instagram.com/ecofuroshiki/

Ecofuroshiki Brasil agradece!

Sofia Nanka Kamatani