Quem já leu a frase: Conhece-te a ti mesmo? Sim o filósofo Sócrates autor dessa frase já sabia que num futuro seria muito útil para muitas pessoas, porque é um dos questionamentos onde muitos já refletiram à respeito.

Viver de forma plena, conhecer as próprias habilidades, aprender a usar as ferramentas. E portanto LER para ter as respostas foi uma feliz leitura no livro do Daniel Goleman – Inteligência Emocional.

Compartilho com vocês essa metáfora que está no livro  Inteligência Emocional:

“Um guerreiro samurai, conta uma velha história japonesa, certa vez desafiou um mestre Zen a explicar os conceitos de céu e inferno. Mas o monge respondeu-lhe com desprezo:
– Não passas de um bruto… não vou desperdiçar meu tempo com gente da tua laia!
Atacado na própria honra, o samurai teve um acesso de fúria e, sacando a espada da bainha, berrou:
– Eu poderia te matar por tua impertinência.
– Isso – respondeu o monge – é o inferno.
Espantado por reconhecer como verdadeiro o que o mestre dizia acerca da cólera que o dominava, o samurai acalmou-se, embainhou a espada e fez uma mesura, agradecendo ao monge a revelação.
– E isso – disse o monge – é o céu.”

A súbita consciência do samurai sobre seu estado de agitação ilustra a crucial diferença entre alguém ser possuído por um sentimento e tomar consciência que está sendo arrebatado por ele. A recomendação de Sócrates – “conhece-te a ti mesmo” – é a pedra de toque da inteligência emocional: a consciência de nossos sentimentos no momento exato em que eles ocorrem.”

E assim cada um segue o caminho da vida com mais um aprendizado.

Aprender a administrar a Inteligência Emocional para continuar a viagem da vida.

Obrigada Ecofuroshiki Brasil

Sofia Nanka Kamatani